Cicah Jusce

Pernambucano de nascimento, filho de músico amador, cresceu ouvindo discos de choro, baião, coco e música brasileira do pai. Começou a tocar violão por influência do irmão mais velho aos 13 anos de idade. Em pouco tempo, já estava tocando na igreja do bairro e regiões vizinhas junto do irmão e dos colegas.

Depois disso, passou a se interessar pela guitarra e pelo rock adquirindo um bom reconhecimento na cidade onde reside e em algumas cidades vizinhas. Começou a dar aulas particulares aos 15 anos, de violão e guitarra dando assim seus primeiros passos para a profissão. Autodidata, mas sempre interessado pelo conhecimento teórico e técnico musical, participou de vários cursos e workshops de grandes nomes da guitarra nacional como Mozart Mello, Eduardo Ardanuy, Faiska Borges, Conrado Paulino, Pollaco Oliva, Frank Solari etc.

Trabalhou com produtores musicais experientes quando tocou ao lado de nomes da música católica como Dunga, Marcio Todeschini (Comunidade Canção Nova) e a dupla DDD(Comunidade Obra de Maria). Ao longo dos estudos adquiriu conhecimento em diferentes linguagens musicais além do rock e MPB como choro, flamenco, clássico e um pouco de jazz.

Atualmente tocando na banda DONA FLÔ, realiza vários projetos paralelos. Entre eles estão as de ”free lancer” nas gravações de CDs e DVDs de músicos e artistas locais; o projeto “Cicah Trio”, um trio de musica instrumental formado com Jó bass no baixo e Luciano na bateria onde fazem arranjos e releitura de musica brasileira e internacional, e leciona violão na Escola de Arte de Arapiraca também conhecida como “Centro de Apoio “ (CAEI).

Recentemente gravou para o documentário “O juremeiro de Xangô.Também compôs e tocou a trilha de “O mar de Corisco”, outro documentário sobre a vida do famoso cangaceiro, ainda em fase de finalização .